Atendimento humanizado: saiba como desenvolver

Já parou para pensar que talvez o que falta para você fidelizar de vez os pacientes seja apostar em um atendimento humanizado? A pressa na consulta e a frieza nos diagnósticos, por exemplo, podem ser os motivos pelos quais as pessoas procurem por outros profissionais da saúde e não retornam à sua sala. E como a ClinicCo quer sempre ver a sua agenda cheia, hoje elencamos 7 dicas práticas que lhe ajudarão a humanizar os atendimentos e transformar sua carreira.

Excelência no serviço não é mais um diferencial. Na intenção de aproximar os pacientes com as clínicas e consultórios médicos, a tecnologia tem auxiliado nessa missão, como é o caso do uso de mensagens automáticas por aplicativos ou redes sociais. Mas esta comunicação robotizada está longe de ser a solução. Afinal,  quando alguém busca por um diagnóstico, uma emergência ou um tratamento, significa que está sensível emocionalmente, logo, um contato frio pode ser ofensivo. 

E se você não quer cometer estes erros, o segredo é adotar um atendimento humanizado o quanto antes. Então, que tal conferir nossas recomendações para iniciar essa nova postura já na próxima consulta? Confira a seguir!

Atendimento humanizado pode fazer a diferença na fidelização de seu paciente.

 

  • Faça o treinamento dos seus funcionários

 

O atendimento humanizado deve ser introduzido desde o momento em que o paciente agenda a sua consulta até o segundo em que sai do consultório ou da clínica. Ou seja, ele precisa sentir que essa cultura está presente em todo o ambiente. 

Por isso, é importante explicar o método a todos os profissionais envolvidos no seu estabelecimento, investindo em treinamentos e incentivos para que a sua equipe saiba como agir.

 

  • A pressa é a inimiga do atendimento humanizado

 

Não estamos falando de agilidade, pois é claro que o paciente não pode ficar esperando muito tempo na recepção. Mas quando ele estiver em atendimento ou buscando alguma informação, é fundamental que seja ouvido e que as respostas se deem de forma clara e muito bem explicada.

Isso significa que a pessoa deve ser atendida sem pressa e ter todas as suas dúvidas esclarecidas, para que assim, ao sair da consulta, não tenha a sensação de ter sido apenas mais um(a) cliente e que você precisava livrar-se dele(a).

 

  • Pratique a empatia

 

Este é o principal ponto para que o atendimento humanizado aconteça. Em qualquer situação, antes de dar uma resposta ou esboçar qualquer reação, coloque-se no lugar do enfermo. Com esta pequena atitude você já poderá entender como deve agir, começando por chamar as pessoas pelo nome e compreender que ela está em uma situação delicada neste momento.

 

  • A consulta deve ser olho no olho

 

Compreender o que alguém quer dizer — mesmo quando suas palavras aparentam outra coisa — só é possível se existir o olho no olho. Além disso, somente assim você passará mais credibilidade quando explicar os tratamentos e os medicamentos que este paciente precisará tomar.

 

  • Responda todas suas perguntas

 

Por menor que seja a quantidade de expressões técnicas da área da saúde que você use para explicar alguns procedimentos, é natural que dúvidas surjam na cabeça do paciente. Portanto, dê espaço para que ele sinta-se à vontade para esclarecer todos os pontos, pois só assim o atendimento humanizado será desenvolvido e você ainda deixará um sentimento de gratidão por ter sido tão atencioso(a).

 

  • Respeite as crenças e a fé do paciente

 

Pode ser que você não acredite na fé e nas crenças particulares de quem está atendendo, mas ainda assim, tenha consideração e seja gentil. Seus conceitos religiosos podem ter, por exemplo, amuletos capazes de fazer com que a pessoa enfrente a situação de uma forma mais positiva, por isso jamais questione ou despreze qualquer símbolo ou imagem que ela carregue consigo.

 

  • Compreenda as fraquezas de cada pessoa

 

Existe quem enfrente situações difíceis com mais força, enquanto outras se abalam com facilidade. Desse modo, uma regra básica do atendimento humanizado é respeitar e não fazer pouco caso das diferentes reações que possam surgir. 

Uma dica de ouro é ser prestativo(a) em ajudar, oferecendo mais informações para tranquilizar o doente. Essa atitude poderá dar conforto ou colaborar para que o paciente consiga lidar bem com um diagnóstico complicado ou um tratamento agressivo,  por exemplo.

O atendimento humanizado é uma excelente forma de aumentar a sua rede de clientes e te tornar um(a) profissional de sucesso, além de amigo(a) de cada paciente. E para que você possa expandir o seu negócio, é importante oferecer uma boa estrutura, com comodidade e conforto. Para isso, conte com a ClinicCo e encontre online a clínica ou o consultório médico perfeito.

Para saber mais, clique aqui e experimente grátis a melhor plataforma de locação e sublocação de salas e espaços focados na área da saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *