Marketing Médico: como fazer propaganda para sua clínica ou consultório e atrair pacientes

O marketing médico é um tema que gera muitas dúvidas entre os profissionais da saúde, afinal, é necessário cautela e conhecimento para realizar propagandas que estejam dentro da lei, sejam honestas e impacte positivamente na sua carreira. E para te explicar definitivamente quais são as estratégias de comunicação próprias para a área — além de lhe ensinar como atrair mais pacientes através de técnicas de publicidade para medicina — a Desaperta preparou esse guia completo.

Existe uma série de questões éticas e morais que podem amedrontar os médicos — especialmente aqueles recém-formados — na hora de investir em propaganda. Por outro lado, um profissional que acabou de entrar no mercado e ainda não conquistou a lista sólida de pacientes precisa criar uma boa imagem para atingir seu público-alvo, certo? Ou seja, aprender como divulgar sua clínica ou consultório médico e fazer isso da forma correta é um dos primeiros passos para ter sucesso na área.

Mas antes de elaborar qualquer plano de publicidade, é importante que você entenda a fundo o que é permitido ou não dentro do marketing voltado para saúde. Pensando nisso, separamos este manual em tópicos que facilitarão a sua leitura, o seu entendimento e, claro, a sua vida. Vamos começar?

Afinal, o que é marketing médico?

Dentro da medicina há uma responsabilidade muito maior quanto ao que se divulga sobre um serviço, um tratamento ou um determinado profissional. Isso ocorre por questões éticas do ramo, afinal, o que está em jogo não é o crescimento de um negócio ou as vendas de um produto, e sim a saúde e a qualidade de vida de centenas de pessoas.

Dessa forma, o marketing médico precisa colocar todos o valores da profissão antes dos objetivos financeiros e empresariais da clínica ou do consultório em questão. E para isso, as estratégias devem ser feitas legalmente e seguir três princípios básicos: atendimento, divulgação e preço

Abaixo explicamos esses conceitos em detalhes:

  • Atendimento: engloba as consultas e todo o tratamento que é dado ao paciente fora da sala do médico — afinal, gostamos de frequentar lugares em que somos bem-recebidos, certo? 
  • Divulgação: é através da relação de fidelidade e respeito com os clientes que você terá sua principal fonte de divulgação para atingir o público-alvo — já que um bom serviço gera indicações e resulta em novos pacientes;
  • Preço: um profissional atencioso conhece os perfis que frequentam a sua clínica ou consultório. A partir disso é possível definir preços que englobem o valor do seu trabalho e que também estejam dentro da realidade dos pacientes.

Como você pôde perceber, o “boca a boca” — chamado de marketing de referência — ainda é uma das principais formas de se fazer o marketing médico com eficácia. Porém, existem outras diversas estratégias digitais e off-line que potencializam a propaganda de uma clínica ou de consultório para atrair mais pacientes, e veremos todas elas abaixo.

Como divulgar uma clínica ou consultório médico?

Você já sabe que os pacientes são a maior fonte de divulgação da sua empresa, portanto, invista neles acima de tudo. Uma maneira muito eficiente de saber o que o seu cliente precisa — além de como ele chegou até você — é sempre inserindo esses tipos de perguntas no ato de cadastramento. Dessa forma, o tratamento direcionado a ele pode ser muito mais assertivo e as técnicas que o levaram até o seu estabelecimento podem ser ampliadas. 

Quer aprender como fazer isso? Olha só:

Especificando o tratamento do paciente

Ao realizar a primeira consulta o paciente receberá um questionário objetivo com questões de cunho familiar, que devem ter perguntas sobre a quantidade de pessoas que residem na mesma casa, a idade de cada uma delas, se possuem doenças crônicas, se fazem uso de medicamentos controlados e com que frequência realizam os seus exames de rotina, por exemplo.

De forma natural, quando o enfermo entrar na sua clínica ou consultório você já terá as informações que precisa para oferecer exatamente aquilo que ele tem interesse — e até mesmo fazê-lo voltar mais vezes com outros familiares sempre que precisar. Essa atenção oferecida desde a primeira visita é o que gera a sua credibilidade e confiança dentro da área de atuação.

Ampliando as técnicas de atração

Para identificar a origem de seus pacientes o questionário também pode perguntar como o seu trabalho foi encontrado, se teve indicação de um conhecido ou se ele chegou até você de outra maneira. Com as respostas será possível analisar a divulgação que tem sido mais rentável e que merece mais investimentos.

E é aí que entra a importância de saber como criar propagandas para clínicas ou consultórios médico — mesmo que os pacientes fiéis sejam a melhor divulgação. Afinal, nos primeiros meses de atendimento o foco é sempre atrair mais e mais pessoas, não é mesmo? Justamente para isso existe o marketing médico, que utiliza os meios de publicidade comum, mas sempre levando em conta os princípios do atendimento, divulgação e preço.

Como criar propaganda para seu estabelecimento de saúde?

Agora que você já sabe como divulgar sua clínica ou consultório médico, precisa aprender de fato como criar propaganda para o local e atingir diretamente o seu público-alvo por meio de todos os canais disponíveis, sejam eles online ou não. Por isso, veja a seguir exemplos de como usar o marketing médico na prática:

1. Cartões de visita

Começando pela forma tradicional e clássica do marketing médico, vamos falar do cartão de visita. Ele tem um custo baixo para ser produzido, contém todas as informações sobre a sua clínica ou consultório e é fácil de ser fornecido a qualquer pessoa, o que pode ser vantajoso principalmente se o seu nicho não estiver no ambiente digital. Este é o caso de geriatras e clínicos gerais que atendam a terceira idade, por exemplo.

2. Redes sociais e site da clínica

Apesar dos cartões ainda serem utilizados, atualmente a melhor forma de ganhar notoriedade e alcançar o seu público-alvo gastando pouco é através das redes sociais. 

Elas são gratuitas e ainda possuem os algoritmos que trabalham a seu favor indicando os seus conteúdos para quem já demonstrou interesse pelo tema ou está buscando uma determinada especialidade médica. Além disso, o Facebook e o Instagram, por exemplo, permitem que você faça promoções e patrocínios de suas postagem, além de segmentar publicações para focar diretamente em futuros e possíveis pacientes.

Ainda na web, uma forma de ganhar a atenção e conquistar a credibilidade de mais pessoas é através de um site próprio, blog e/ou da conta Google Meu Negócio. Essas três ferramentas servem não apenas para criar propaganda para clínica médica ou para um consultório, mas para divulgar o seu trabalho em tempo real nas pesquisas feitas no buscador Google, por exemplo.

Adotando essas estratégias de marketing médico e seguindo os princípio legais e éticos da profissão, o seu estabelecimento de saúde com certeza se tornará um sucesso. Ah, mas para que ele cresça você precisa de um bom local, certo? Para isso, a Desaperta te ajuda. 

Clique aqui para anunciar ou achar o espaço ideal e montar a sua clínica ou o seu consultório. Nós simplificamos o aluguel de salas e espaços do início ao fim. Ou seja, você faz tudo online e ainda se livra de qualquer burocracia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *